Grandes Episódios – Naruto Clássico 48,49,50 (Rock Lee x Gaara)

Gostando de Naruto ou não, certamente é impossível dizer que o manga não teve bons momentos, a luta de Rock Lee x Gaara é o supra-sumo desses bons momentos. Lembrar dessa luta é como lembrar da época em que Naruto não tinha uma grande lenda ninja ao seu redor, nem de vilões com objetivo de destruir tudo e muito menos da dicotomia Naruto/Sasuke. Nesta época, o manga era carregado pelo carisma de seus personagens, e está luta é exatamente a representação disso. Enquanto temos de um lado um underdog que tem a chance de se provar, de outro temos o talentoso e misterioso ninja na Vila da Areia. Por fim, temos o confronto que não só irá fazer o leitor se comover com a história de superação sendo contada, mas como também, vibrar com as excelentes cenas de lutas vistas.

Recapitulando

Até aquele momento, o espectador tinha pouco conhecimento sobre Rock Lee e Gaara, mas já era o suficiente para gostar deles. Rock Lee se mostrou um ninja extremamente competente na fase inicial do Exame e também havia se revelado forte em um curto confronto contra Sasuke. Era possível ver sua obstinação em vencer Neji, e se provar como um grande ninja, apesar da sua limitação de Chakra. Enquanto Gaara era mostrado como um ninja misterioso e com ares de vilania/perturbação uma vez que assassinou um competidor na fase anterior do Exame. Além disso, o que mais colabora com o confronto dos dois são várias nuances, como o fato de Lee repetir em várias lutas que com muito esforço é possível vencer o talento natural(Gaara), ao mesmo tempo que esta é uma das últimas lutas dessa fase e a mais aguardada.

O Demônio da Areia

“Mesmo contra a vontade dele, a areia irá protegê-lo”, essa foram as palavras de Kankuro para definir as habilidades de Gaara, e neste episódio vemos exatamente isso. Apesar das rápidas investidas de Lee, nada parece causar efeito, são sequências de chutes e socos completamente bloqueadas. Isto posto, nestas sequências a animação se sobressai muito, com excelentes sequências de golpes rápidos de Lee com a “câmera” girando. Sendo sincero, talvez esse seja uma das lutas mais bem animadas de Naruto como um todo, tanto que inspirou os mesmo movimentos das luta de Byakuya e Ichigo em Bleach, visto que ambos animes são do memso estúdio.

Então, Sakura se pergunta o porque de Lee estar apenas usando taijutsus e somos respondidos por Gai dizendo que ele não pode usar outras habilidades, porém, é um especialistas em taijutsus. A partir disso, a empolgação vai nas alturas, principalmente quando Lee tira os pesos na perna, clara referências a Dragon Ball e a partir disso começa a virada de Lee.

A Lotus de Konoha floresce duas vezes

Até então Gaara nunca havia sido ferido em batalha, e com a velocidade de Rock Lee quase ocorre. Uma fina camada de Gaara protege seu corpo, impedindo que este não receba dano, mesmo usando a Lotus. Isto posto, ao verificarmos o background do personagem, sabemos que Lee já é acostumado com frustrações. A frustração de não ter chakra, a frustração de sempre perder para Neji e a frustração de não páreo para Gaara. Apesar da mensagem ser extremamente batida em shonen em geral, aqui ela comove. Enquanto Lee tiver frustrações, haverá forças para superar isso.

Não importa o quanto Lee irá sofrer ao liberar os portões, a vontade de se provar é maior que qualquer outra coisa. E é assim que este personagem usa sua carta final assim como cativa o público ao limite para comprar aquele batalha junto com ele, não só o público como a plateia da luta. Kakashi se pergunta se Rock Lee não seria também um gênio em poder liberar cinco portões apenas com seu esforço, afinal, persistência também é uma habilidade extremamente valiosa. Dessa forma, o massacre se inicia, não é possível conter a força de Lee e Gaara acaba sucumbindo a sua velocidade

Ademais, temos a utilização da melhor habilidade de Lee conseguindo derrubar Gaara e o deixando praticamente imóvel, entretanto, no chão Gaara consegue guiar sua areia para terminar a luta em um momento onde Lee já não tinha forças nem mais para andar. No fim, Lee ainda irá ter que lidar com mais uma frustração em sua vida, nem não vencer a luta e ser eliminado do exame, todavia, apesar da derrota o sobrancelhudo conseguiu se provar e angariou a admiração até do seu maior rival, Neji.

Recomendo que procurem AMV’s dessa luta(de preferência com trilha de Linkin Park) e se lembrem dos grandes momentos de Naruto e se deliciar com as cenas de luta. Uma pena que este personagem tenha sido tão esquecido na fase Shippuden. Só avisando que todas as quintas às 18h sai um post de minha autoria no site, no mais, agradeço pela leitura do texto.

Facebook Comentário

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: